Tuesday, April 22, 2014

Na Casa das Rosas

Como foram de feriado? O nosso por aqui foi bem divertido, produtivo e delicioso. Fizemos tantas coisas nesses quatro dias, que renderam tantas fotos, que vou ter que fazer vários posts para contar tudo em detalhes. No sábado, fomos ao Ibirapuera e à Paulista para conferir algumas exposições e eu aproveitei para dar uma parada na Casa das Rosas, onde não ia desde 2012, quando troquei a câmera e fui ali dar uns cliques com a recém comprada ;-) Esse lugar é muito bonito com jardins, um casarão projetado por Ramos de Azevedo onde funciona um museu e um café bem gostoso ao ar livre. Dá para a gente passar horas a fio lendo, fotografando ou fazendo nada (Rá! Como se eu conseguisse, em algum momento, ficar sem fazer nada, hahaha), principalmente em um dia preguiçoso como esses do feriado.
 Lindo demais, né? Ainda bem que ainda são preservados alguns locais como este!

* A autora optou por fechar a seção de comentários do blog por enquanto. Se tiver algo a dizer, fazer alguma crítica, dar alguma sugestão ou perguntar qualquer coisa, use a página da Casa da Gê no facebook ou escreva para georgia.visacri@gmail.com ;-)

Pin It!

Monday, April 21, 2014

42 hábitos simples que ajudarão você a se aprimorar...

(via)

Adoro listas, vocês sabem, e sou fã de tudo o que nos ajuda a ter uma vida mais legal, a nos sentir motivados e inspirados, com mais bom humor, força interior, enfim, tudo o que contribui para que nos tornemos pessoas melhores para nós mesmos e para o mundo. Essa aqui, do site Lifehack tem ótimas sugestões, algumas delas tão simples que podemos arregaçar as mangas e colocar em prática já, vamos? 

1.       Leia livros diariamente
2.       Aprenda um novo idioma
3.       Arranje um novo hobby
4.       Faça algum curso novo
5.       Crie um espaço inspirador
6.       Supere os seus medos
7.       Melhore o nível das suas habilidades
8.       Acorde cedo
9.       Tenha uma rotina semanal de exercícios
10.   Comece o manual de instruções da sua vida
11.   Escreva uma carta para você mesma no futuro
12.   Saia da sua zona de conforto
13.   Desafie alguém a fazer algo
14.   Identifique seus pontos cegos (os seus padrões que atrapalham sua relação com os outros)
15.   Peça feedback
16.   Tenha foco nas suas listas de tarefas
17.   Estabeleça metas grandes e audaciosas (BHAGs – Big Hairy Audacious Goals)
18.   Tenha consciência dos seus defeitos
19.   Parta para ação
20.   Aprenda com as pessoas que inspiram você
21.   Abandone um hábito ruim
22.   Cultive um novo bom hábito
23.   Evite pessoas negativas
24.   Aprenda a lidar com pessoas difíceis
25.   Aprenda com seus amigos
26.   Comece a escrever um diário
27.   Comece um blog sobre desenvolvimento pessoal
28.   Arranje um mentor
29.   Diminua o tempo que você passa em chats
30.   Aprenda xadrez (ou algum jogo de estratégia)
31.   Pare de assistir TV
32.   Comece um desafio de 30 dias
33.   Medite
34.   Junte-se aos Toastmasters (aprenda a falar em público)
35.   Faça amizade com pessoas que sejam excelentes em seus ramos profissionais 
36.   Deixe o passado ir embora
37.   Comece um negócio próprio
38.   Demonstre gentileza com as pessoas em volta de você
39.   Busque comunicação com as pessoas que não gostam de você
40.   Dê uma pausa
41.   Leia pelo menos um artigo de desenvolvimento pessoal por dia
42.   Comprometa-se com o seu crescimento pessoal


Gostei demais da 20, 23, 32 e 41, já a 24, 36 e 39 são desafios bem grandes para mim, tão grandes que eu normalmente nem tentaria mudá-los! E vocês?


* A autora optou por fechar a seção de comentários do blog por enquanto. Se tiver algo a dizer, fazer alguma crítica, dar alguma sugestão ou perguntar qualquer coisa, use a página da Casa da Gê no facebook ou escreva para georgia.visacri@gmail.com ;-)

Pin It!

Thursday, April 17, 2014

E depois do passeio...

Eita, visitar aquelas igrejas todas abriu o apetite pra valer, hahahaha! O que não é de se estranhar, né? Qualquer coisa abre meu apetite ;-)
Estávamos no Largo de São Bento e resolvemos almoçar por ali mesmo, no Café Girondino, local que eu queria conhecer há tempos e ainda não tinha tido oportunidade. É um restaurante tradicional do centro e estava bem cheio. Fiquei impressionada com a eficiência e rapidez do serviço, mas achei que fosse apanhar de um dos garçons que nos atenderam (infelizmente, o mal atendimento está virando rotina na maioria dos lugares) . Pedi um beirute - gigantesco e delicioso - e uma Malzbier para refrescar.

Deixamos a sobremesa para a Casa Mathilde, uma doçaria portuguesa que abriu recentemente. Estava lotada, como não poderia deixar de ser, mas com poucos funcionários atendendo, o Sr. Meu Marido ficou uns 40 minutos até fazer o pedido e mais outro tanto para conseguir pagar. Além disso, estava 31º aquele horário e o lugar parecia uma sauna com todas as janelas fechadas e sem ar-condicionado. Voltarei com certeza, mesmo por que tem muitas coisas que quero experimentar, mas eles realmente precisam dar um jeito nessas falhas!
Nossas escolhas: Toucinho do céu para mim, torta de amêndoas para ele e um Pastel de Belém para repartimos. Tudo divino! 
E a vista pro Martinelli?
Barriguinha cheia, hora de continuar o passeio! Meu deu os 5 minutos e eu sugeri: "vamos tentar ir ao CCBB?". E não é que conseguimos? Achei as salas um pouco claustrofóbicas, mas gostei bastante do museu. No momento, está acontecendo a exibição "Visões na Coleção Ludwig", com obras de Picasso, Warhol, Basquiat, Lichtenstein, entre outros. Muito boa!
Não é permitido fotografar as salas, então dei um descanso para a minha câmera. Essa tela gigantesca fica logo no saguão e é impossível não se encantar com ela. É um trabalho de hiperrealismo do artista austríaco Gottfried Helnwein. Se eu já estava impressionada achando que era uma fotografia, imagina como eu fiquei quando descobri que, na verdade, é uma pintura!
E, de lá, sob protestos do Sr. Meu Marido que não aguentava mais tanta camelação, demos uma passada no Museu da Língua Portuguesa para conferir a exibição "Narrativas Poéticas - Coleção Santander Brasil, onde estão reunidas 58 obras de 38 artistas, acompanhadas de 46 fragmentos de poemas de 23 consagrados autores brasileiros, UFA! Recomendo, gostei tanto que vou dar um jeito de ir novamente ♥
Para encerrar, uma foto da volta, adorei esse dia!


* A autora optou por fechar a seção de comentários do blog por enquanto. Se tiver algo a dizer, fazer alguma crítica, dar alguma sugestão ou perguntar qualquer coisa, use a página da Casa da Gê no facebook ou escreva para georgia.visacri@gmail.com ;-)


Pin It!

Wednesday, April 16, 2014

Velhas igrejas, novas histórias...

No sábado, fomos ao centro de São Paulo para participar do passeio "Velhas igrejas, novas histórias", organizado pela São Paulo Antiga. Aproveitei que estaríamos lá (dá pra acreditar que não fazíamos um dia turístico pelo centro há meses? Eu mesma fico com a sensação de que estou o tempo todo por ali fotografando, hahaha!) para planejar algumas outras coisas para fazer depois do passeio: almoçar em algum lugar bem legal da minha longa lista, comer uma sobremesa bem boa, visitar alguns museus, etc. As ruas estavam cheias, o que me deixa contente em saber que não somos os únicos interessados em conhecer a cidade, ver os pontos turísticos e fazer algo diferente. Ainda bem, né? Estava um dia de sol super quente, nada a ver com o outono que chegou logo em seguida, perfeito para fotografar!
O passeio começou na Igreja de São Gonçalo que fica na Praça João Mendes. Depois dela, visitamos mais umas 4 ou 5 que ficam nas redondezas. Nossa caminhada foi super interessante do começo até o final, eu gosto muito de aprender sobre a história do país e, ter a oportunidade de visitar locais que nem sabíamos da existência, é algo que não tem preço, né? Vejam algumas das 758.485 fotos que tirei ;-)

***

Deixamos o carro na Julio Prestes, eu estava com MUITA, mas muita preguiça mesmo de parar na Tamanduateí ou na Ana Rosa como sempre fazemos. Só de pensar em voltar tudo aquilo zzzZZZZZZzzzz e fazer baldeação zzzZZZZzzzz, esquece... Além disso, meus planos incluíam fazer algumas coisas na Luz também!
E o passeio oficialmente começou! Eu não sabia, mas na Igreja de São Gonçalo são celebradas missas em japonês, quem diria?

A Capela de Santa Luzia é minúscula, fica na rua Tabatinguera e tem uma história bem bacana. Além disso, a decoração é linda, até meio kitschy com aquelas luzes, objetos e cores todos. Nem preciso dizer que amei e que foi minha preferida, né? Passo tantas vezes de carro por ali e nunca tinha reparado nela!
Igreja de Nossa Senhora da Boa Morte, além de ser muito bonita por dentro, como todas, ela tem esse jardim da segunda foto. É um lugar tão tranquilo que a gente custa a acreditar que está bem no centrão!
Igreja do Carmo:
Aqui o Sr. meu Marido deu uma mãozinha para a foto contra a luz que eu queria fazer
Visitamos até a cripta da Igreja do Carmo, todo o passeio foi bem interessante e educativo!
Terminamos nosso encontro na São Bento, mas não pudemos entrar por que já passava do meio-dia.
E depois da São Bento... Bom, logo mais eu faço outro post contanto o resto do passeio ;-)

* A autora optou por fechar a seção de comentários do blog por enquanto. Se tiver algo a dizer, fazer alguma crítica, dar alguma sugestão ou perguntar qualquer coisa, use a página da Casa da Gê no facebook ou escreva para georgia.visacri@gmail.com ;-)

Pin It!
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Blogging tips